destinos,  EUROPA,  Itália

Veneza: roteiro alternativo de 1 dia

Veneza, na Itália, é uma cidade sobre a água. Ela possui mais de 100 ilhas e para se locomover pela cidade você precisa ir de barco ou a pé. E é justamente por isso que ela atrai milhares de turistas ao redor do mundo em busca de explorar um lugar diferente e cheio de personalidade.

Com seus muitos canais e pequenas vielas, Veneza vive cheia de gente, principalmente nas principais ruas que ligam a estação de trem aos principais pontos turísticos e ao outro extremo da cidade, a Praça São Marco.

Portanto, aqui vou mostrar para vocês um roteiro alternativo de Veneza. Uma rota onde você conhecerá a cidade, porém de uma forma diferente. Um roteiro alternativo para fugir da muvuca, mas ainda assim conhecer os principais pontos da cidade e admirar sua autêntica beleza.

Grande Canal de Veneza durante passeio de gôndola

Como chegar em Veneza

Veneza posseui seu aeroporto internacional e que recebe voos de muitos aeroportos da Europa, entretanto, para chegar a cidade saindo do Brasil, você precisará fazer escala em alguma outra cidade da Itália, como Roma ou Milão.

Milão recebe voos diretos saindo do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Já para Roma você pode sair de Guarulhos e do aeroporto do Galão, no Rio de janeiro, com voos diretos. Você também pode fazer escalas em outras cidades europeias.

Para chegar do aeroporto de Veneza, que fica no continente, até a parte turística da cidade, você pode pegar um táxi marítimo ou então trem. A estação Santa Lucia é a principal estação e que te deixa na entrada da cidade para os canais e pequenas ilhas.

A estação também recebe trens de vários outros destinos italianos e europeus e se você quiser, logo em frente a estação você pode também pegar um táxi marítimo para ir para o seu hotel ou outro ponto da cidade.


Principais pontos turísticos de Veneza

  • Praça São Marco
  • Basílica de São Marcos
  • Ponte dos Suspiros
  • Palácio Ducale
  • Campanário de São Marcos
  • Ponte Rialto
  • Basílica de Santa Maria della Salute
  • Grande Canal de Veneza e todos os canais
  • Passeios de Gôndola e canais de Veneza

Praça São Marcos e arredores

Principal praça da cidade, é aqui que ficam os principais pontos turísticos e foi construída no século IX. É considerada uma das praças mais bonitas do mundo e Napoleão a denominou como “O salão mais bonito da Europa”.

Esta praça fica na parte mais baixa de Veneza e é a primeira a inundar quando acontece o “acqua alta”, que é quando a água sobe. Quando isso ocorre as autoridades colocam passarelas na praça para que turistas e moradores possam acessá-la e transitar com tranquilidade.

De noite a praça fica cheia de gente e de vida. Pelos bares e restaurantes ao redor da praça, muitos turistas aproveitam para jantar e curtir o fim do dia. Entretanto, prepare o bolso! Aqui você encontrará preços mais salgados, justamente pela localização.

Basílica de São Marcos

Principal centro católico de Veneza, a Basílica de São Marcos está localizada na praça, ao lado do Palácio Ducale e sua obra original datada do século XI, sofreu várias alterações com o passar do tempo.

Seu interior é basicamente todo dourado e conta com mosaicos em sua cúpula que representam o Novo Testamento e datam do início do século XIII.

A entrada na basílica é gratuita, mas alguns acessos no interior dela são pagos. Como por exemplo o seu museu, que muitos consideram a parte mais interessante da basílica. Isso porque o museu possui a obra dos Cavalos de São Marcos, que são 4 cavalos de bronze banhados a ouro, que originalmente ficavam no hipódromo de Constantinopla. A réplica fica no museu ao ar livre, que fica na praça.

Basílica São Marcos | Veneza
Basílica São Marcos

Campanário de São Marcos

O Campanário de São Marcos é o edifício mais alto de Veneza, com 100m de altura. É possível acessar ao “paron de casa” ou, o dono da casa, como os venezianos o chamam, e ter uma vista incrível da cidade. O acesso é feito por elevador, entretanto a fila é longa e demorada!

Porém, pagando uma taxa extra é possível comprar ingresso na internet com horário marcado. Você pode verificar disponibilidade e comprar os ingressos aqui. Quando programar a sua viagem, se tiver interesse em subir ele, fique ligado, pois só são aceitas 12 pessoas por hora. Por isso, é necessária uma boa antecedência para conseguir sua reserva.

Palácio Ducale

O Palácio Ducale, também localizado na praça São Marcos, foi construído originalmente, no século IX, para ser um castelo fortificado. Ele sofreu um incêndio e após sua reconstrução ele passou a ser prisão e também uma fortaleza. E os Doges (políticos de Veneza no período 697-1797) utilizaram o palácio para dirigir a cidade durante mais de 1000 anos.

Sua construção é uma mistura dos estilo gótico, bizantino e renascentista e atualmente funciona como um museu, que possui pinturas de Tiziano, Tintoretto e Bellini. O palácio possui várias salas diferentes onde é possível aprender muito sobre a história de Veneza.

Ponte dos Suspiros

Esta é uma das pontes mais conhecidas e importantes de Veneza, toda em estilo barroco, construída pelo arquiteto Antonio Contim no início do século XVII. Ela foi construída para conectar o Palácio Ducale a “Nova Prisão”, o primeiro edifício do mundo que foi construído com o intuito de ser uma prisão.

E ao contrário do que muitos pensam, o suspiro não é algo romântico. Ela é chamada assim pois os prisioneiros passavam por ela para ir a sala de julgamento. E enquanto passavam por ali, davam um suspiro, pois seria a última vez que teriam contato com o mundo exterior.

Entretanto, existe uma lenda que diz que casais que se beijarem, em uma gôndola ao pôr-do-sol sob a ponte, terão amor e felicidade eterna,

Ponte dos Suspiros | Veneza
Ponte dos Suspiros

Ponte Rialto

Principal e mais antiga ponte em arco de Veneza, a Ponte Rialto atravessa o Grande Canal, o principal canal da cidade. No seu centro existe o Mercado Rialto cheio de cores e cheiros, você ficará com água na boca por conta das frutas e verduras frescas.

A ponte vive lotada de turistas, pois além de sua arquitetura marcante, a vista do alto da ponte é linda e é um dos principais pontos turísticos de Veneza.

Vista da Ponte Rialto
Ponte Rialto | Veneza
Ponte Rialto

Basílica de Santa Maria della Salute

Esta basílica é uma das construções mais icônicas e famosas de Veneza. Construída para comemorar o fim da peste no século XVII. Apesar de seu exterior imponente e com pequenas capelas em cada uma das 8 pontas, seu interior é simples. Entretanto, você pode apreciar pinturas de Tiziano e Tintoretto.

Passeios de Gôndola e canais de Veneza

Passear de gôndola em Veneza é quase como ir a Torre Eiffel em Paris. Todos o fazem e é praticamente imperdível. Porém, já adianto que os valores são bem salgados e e são tabelados e no fim do dia, no horário do pôr-do-sol, o valor é ainda mais alto. Poucos são os gondoleiros que aceitam negociar.

Existem gôndolas espalhadas por todos os cantos de Veneza e você pode optar por fazer uma pesquisa e tentar encontrar algum gondoleiro que aceita fazer negócio. Outra opção é dividir com outras pessoas, já cabem até 6 pessoas por gôndola.

Eu, particularmente, não achei nada de mais! Fiz por curiosidade, e dividi o passeio com outro casal. Valeu a economia, mas ainda assim não amei o passeio. Este ficou mais pra riscar da listinha de coisas para se fazer uma vez na vida…


Onde ficar em Veneza

Você tem duas opções para se hospedar em Veneza: em Mestre, o principal bairro do continente, que está ligado aos canais por trem em uma viagem de cerca de 15 minutos ou na parte turística da cidade em algum hotel na beira dos canais.

Vale ressaltar que em Mestre você encontrará hotéis estilo executivo, com preços bem mais atrativos do que na área dos canais. Já nos canais, você encontra de tudo um pouco: hotéis luxuosos, mais simples, apartamentos de aluguel… porém, com preços mais salgados. Aqui você paga a localização!

Opções em Mestre

Um ótimo hotel, que tem um bom custo benefício é o hotel de rede NH Venezia Laguna Palace. Fica próxima a estação de trem, permitindo assim um fácil acesso a Veneza.

Também no estilo executivo, com ótimo custo benefício, tem o Quality Hotel Delfino Venezia Mestre. Um pouco mais simples, entretanto confortável e também próximo a estação de trem.

Por último, se você optar por se hospedar em Mestre, recomendo o Hotel Plaza. A localização dele é perfeito, visto que é em frente a estação de trem. Além de tudo, possui quartos muito confortáveis!

Opções no centro de Veneza

O hotel San Marco Design Suites é uma opção confortável e moderna bem no centro de Veneza, próximo a Ponte Rialto. Ótimo custo benefício se considerar a localização do hotel.

Se você busca um hotel com vista para os canais, o Grand Canal Suites é uma ótima opção. Além de estar aos pés do Grande Canal, facilitando seu acesso por táxi marítimo.

Agora, se você tem interesse em ficar hospedado próximo a Praça São Marcos, o Abatea pode ser uma ótima alternativa. Boa localização e muito bem avaliado, o os valores das diárias são um pouco mais altos.


Roteiro alternativo de Veneza

Bom, como eu gosto de conhecer os lugares com calma e, consequentemente, não gosto muito quando tem muita gente e fluxo de turistas em um local, Veneza para mim foi um caso de amor e ódio rs.

E por isso, me antecipando a esta questão, eu planejei visitá-la de uma forma alternativa, fugindo da rota principal e das ruelas que os turistas costumam usar para andar pela cidade. E se você, assim como eu, prefere fugir da muvuca, esta opção de roteiro alternativo de Veneza é para você!

Para inciar seu dia em Veneza ao invés de atravessar a ponte em frente a estação, siga para a esquerda, sentido ao bairro judaico Ghetto ou Cannaregio, que é por ali que seguirá o roteiro alternativo.

Este bairro é bem mais vazio. Aqui você irá cruzar muito mais com locais do que com turistas. É a hora de curtir os canais com calma. Se perca pelo bairro, atravesse as pequenas e belas pontes. Neste bairro você conseguirá tirar belas fotos dos canais e suas pontes com muito mais facilidade.

É neste bairro também que estão as melhores gôndolas,com gondoleiros mais atenciosos e as vezes até dispostos a fazer negócio.

Ponte e canal em Veneza
Pontes, canais e ruelas mais vazias

Livraria Acqua Alta

Vá caminhando até chegar a Livraria Acqua Alta. Esta livraria você já verá mais turistas, entretanto é um local incrível. Considerada uma das livrarias mais bonitas e originais do mundo.

O nome se da ao fato de que as vezes em Veneza a água sobe e inunda as casas e na livraria não é diferente. Portanto, os livros são colocados em locais muito originais, em lugares a uma certa altura do chão como: gôndolas, banheiras e barcos. Incrível! Vale dar um pulo lá.

Seguindo o roteiro

A partir daqui siga em direção a praça São Marcos e então desbrave está região super turística e aprecie a vista a beira do mar no Jardim Real de Veneza.

Tentando sempre fugir da rota com mais pessoas, siga para a Ponte Rialto, atravesse o Grande Canal. Depois de aproveitar um pouco os arredores turísticos da ponte, siga para a esquerda dela (olhando sentido a estação de trem) e vá até o Campo de Santa Margherita, uma praça frequentada por estudantes universitários.

No Campo de Santa Margherita você encontrará bons bares e restaurantes por preços um pouco mais em conta. Vale uma pausa para descanso, tomar um drink e comer alguma coisa. E se ainda tiver pique e tempo, sugiro que vá até a Basília di Santa Maria della Salute e então finalize seu dia com um jantar.

Se você voltar a estação depois e jantar, a cidade já estará bem mais vazia, por isso, recomendo que busque a distância mais curta.

Veneza
Vista dos arredores da Praça São Marcos e Jardim Real de Veneza

Os encantos de Veneza

Veneza é, de fato, uma cidade muito encantadora justamente porque é diferente de tudo o que estamos acostumados. Repare no trânsito, que é todo pela água, e aproveite para apreciar tudo de diferente que acontece por lá.

Eu me encantei pela beleza de seus canais e o clima realmente romântico que tem na cidade. Entretanto, me incomodei um pouco coma quantidade de pessoas que visitam a cidade. E é por isso que eu recomendo que você busque caminhos alternativos. Fuja da muvuca, mesmo que não siga o meu roteiro.

Se você sair duas ou três ruelas de distância do caminho demarcado por placas e mais tradicional, você já verá uma outra Veneza. Uma cidade com menos pessoas e com muito mais locais, que usam dessas ruelas menos conhecidas para poder se locomover co mais facilidade e rapidez.No mais, aproveite a cidade!

E a última dica que eu dou é que se você tiver interesse em entrar em todos os atrativos, como a Basílica de São Marcos, o Campanário e o Palácio Ducale, por exemplo, recomendo que faça um roteiro de 2 dias pela cidade.


Leia mais sobre a Itália


Planejando sua viagem

Somos parceiros de várias empresas e por isso abaixo vou deixar o link delas para que você possa planejar sua viagem. Se você utilizar o nosso link, você não pagará nada a mais por isso, porém estará contribuindo com o blog. Estas empresas nos dão uma comissão a cada reserva e portanto isso nos ajuda a manter o blog! 🙂

  • Em busca de hospedagem para sua viagem? Clica aqui no Booking.com para encontrar um lugar perfeito para se hospedar.
  • Está buscando passagens com preços acessíveis? Aqui na Max Milhas, nosso parceiro, você pode encontrar a melhor oportunidade!
  • Vai fazer uma RoadTrip? Corre lá no RentCars e reserve já seu carro!
  • Seguro viagem é imprescindível em qualquer viagem e a SegurosPromo tem as melhores opções.
  • Para você chegar no seu destino já com internet, adquira seu chip do nosso parceiro EasySIM4U aqui.
  • Em busca de passeios? Aqui você pode ver os melhores passeios no mundo todo com a GetYourGuide.

curiosa. inquieta. sonhadora. feminista. libriana com ascendente em gêmeos, se isso te diz alguma coisa. louca por viagem, novas culturas, gastronomia. tenho um enorme desejo em mudar o mundo.

2 Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nuny Pelo Mundo
%d blogueiros gostam disto: