Pegada ecológica no turismo: como reduzir o impacto negativo?
Dicas,  Slow Travel,  Turismo Responsável,  Viagem Vegana

PEGADA ECOLÓGICA: como diminuir o impacto negativo das nossas viagens?

Os recursos naturais sofrem com o consumo humano, principalmente com as nossas viagens, portanto, aqui você saberá tudo sobre a pegada ecológica no turismo. Afinal, da pra diminuir o impacto negativo das nossas viagens? Como neutralizar a emissão de carbono?

O turismo é um dos principais motivos pelos quais o nosso planeta está sofrendo, porque a indústria da aviação é a que mais contribui para a emissão de gases do efeito estufa. Portanto, é possível compreender qual a importância da pegada ecológica no turismo.

Se você está meio perdido e não tá entendendo muito bem, vem comigo que aqui eu vou te explicar tudo sobre o que é a pegada ecológica, como isso está relacionado ao turismo responsável e sustentável e também algumas dicas de como diminuir o impacto.

Eu sei, é muita informação e é preocupante. Entretanto, temos o poder de, a a partir das nossas escolhas, fazer a diferença.

Afinal, o que é pegada ecológica?

Antes de mais nada, é legal a gente compreender que tudo o que fazemos, desde o que a gente come, passando pelas roupas que a gente compra até a escolhas de viagem que fazemos deixa um um rastro ou, uma pegada, no planeta, certo?

Tendo isso em mente, entendemos que podemos escolher entre deixar uma marca positiva ou uma marca com impacto negativo. Portanto, é importante que a gente compreenda esse conceito para poder medir qual a nossa pegada.

Mas, afinal, o que é pegada ecolígica?

Segundo a WFF Brasil:

“A Pegada Ecológica é uma metodologia de contabilidade ambiental que avalia a pressão do consumo das populações humanas sobre os recursos naturais. Expressada em hectares globais (gha), permite comparar diferentes padrões de consumo e verificar se estão dentro da capacidade ecológica do planeta. Um hectare global significa um hectare de produtividade média mundial para terras e águas produtivas em um ano.

Já a biocapacidade, representa a capacidade dos ecossistemas em produzir recursos úteis e absorver os resíduos gerados pelo ser humano.

Sendo assim, a Pegada Ecológica contabiliza os recursos naturais biológicos renováveis (grãos e vegetais, carne, peixes, madeira e fibras, energia renovável etc.), segmentados em Agricultura, Pastagens, Florestas, Pesca, Área Construída e Energia e Absorção de Dióxido de Carbono (CO2).”

Ou seja, a Pegada Ecológica mede o impacto que nossas escolhas tem sobre o planeta, principalmente relacionado ao meio ambiente e os recursos naturais e as consequências que o impacto negativo trazem, como o aumento na camada de ozônio e o aquecimento global, por exemplo.

E conforme explica a WFF Brasil, a Pegada Ecológica foi criada “para nos ajudar a perceber o quanto de recursos da natureza utilizamos para sustentar nosso estilo de vida.”

Como calcular a pegada ecológica?

Existem diversas plataformas online que é possível você descrever seus hábitos, inserindo dados de todas as áreas da sua vida como alimentação, moradia, transporte e muito mais. Uma delas é o aplicativo My Green Footprint que está disponível, portanto, tanto para Android como para iOS.

Outra alternativa é o próprio site da WFF, que disponibiliza uma plataforma onde você pode colocar todas as informações e então compreender seu impacto no planeta. Basta clicar aqui para acessar a plataforma de cálculo da WFF.

Para calcular as pegadas é preciso informar as diversas  formas de consumo (alimentação, habitação, energia, bens e serviços, transporte e outros), com isso, são calculadas as áreas em hectares do planeta terra que cada pessoa utiliza para simplesmente existir e viver em seu estilo de vida.

E, quando falamos de viagem devemos, portanto, prestar atenção principalmente na indústria da aviação.

A indústria da aviação

A principal questão da pegada ecológica relacionada ao turismo são, com certeza as viagens aéreas. Afinal, os aviões emitem muitos gases do efeito estufa, contribuindo muito com o aquecimento global e com o impacto negativo no meio ambiente.

Em minhas pesquisas, no Blog de viagem 360 Meridianos encontrei estas informações impressionantes relacionadas à aviação:

“Num nível individual, não existe outra atividade humana que emita tanto em tão pouco tempo quanto a aviação, pois ela consome grande quantidade de energia”, explica o Dr. Stefan Gössling, professor de turismo sustentável nas universidades suecas de Lund e Linnaeus.

Ainda segundo o Dr. Stefan, a aviação tem um impacto real de 5% nas mudanças climáticas. O que explica gasto enorme de energia para fazer um avião voar. Além disso, existem outros efeitos, como as emissões de óxido de nitrogênio, vapor dꞌágua e outros.

Tudo isso nos mostra o quão prejudicial para o planeta é voarmos de avião. E é justamente por isso que existem diversos acordos, estudos e planejamentos para tornar a indústria menos poluente, como é o caso do Acordo de Paris.

Além disso, a indústria da aviação vem investindo em alternativas, como por exemplo a utilização de combustíveis renováveis. Contudo, pelo alto custo, a utilização destas alternativas ainda não é economicamente viável.

Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Como diminuir o impacto da pegada ecológica no turismo

Existem diversas formas de reduzir o seu impacto negativo, principalmente na hora de planejar suas viagens e de fazer escolhas conscientes, responsáveis e inteligentes tanto no dia a dia como enquanto você estiver viajando.

O estilo de viagem slow é uma ótima alternativa, visto que se mescla também com o Turismo Responsável. Então, que tal adotar algumas práticas do slow travel para suas viagens futuras?

Você pode começar escolhendo apenas um país, por exemplo. Desta maneira, você evita pegar uma quantidade grande de voos. Considere incluir voos apenas na ida e na volta, e durante os deslocamentos internos, dê preferência pelo transporte público, bicicleta ou opte por explorar as cidade a pé.

Se possível, quando for alugar um carro, escolha opções elétricas ou de empresas de aluguel que se preocupam com as questões de meio ambiente.

Além disso, se possível, opte por companhias aéreas que estejam engajadas em fazer a diferença.

Por fim, tenha com você sempre uma garrafa de água, canudo e talhes reutilizáveis. Evite utilizar plástico de uso único, leve o lixo sempre com você e deposite nos locais corretos para que possam ser reciclados.

Outras formas de neutralizar a pegada ecológica

Optar por uma alimentação vegana, à base de plantas, pode ser uma ótima alternativa para diminuir o impacto negativo no meio ambiente. Uma vez que a indústria da carne é uma das que mais polui, gasta água e contribui para o aquecimento global do planeta.

No dia a dia, sempre que possível opte pelo transporte público, bicicleta ou andar a pé, evitando assim utilizar o carro. Se for de carro, ofereça carona para amigos, familiares ou até mesmo desconhecidos, atualmente existem aplicativos de carona, você pode não só ajudar o planeta, como também o trânsito da sua cidade.

A pegada ecológica e o turismo

São muitas questões envolvidas com a nossa pegada ecológica e como o turismo contribui, e muito, para impactos extremamente negativos para o planeta terra.

Mais do que nunca, precisamos estar atentos, conhecer os impactos e, principalmente, compreender como podemos tornar nossa existência menos danosa ao meio ambiente.

Viajar é incrível, sobretudo para quem adora conhecer novos lugares e cultura, experimentar novos sabores e aproveitar o que só uma viagem pode nos proporcionar.

Contudo, assim como tudo na vida, nem tudo são flores. Viajar é uma prática problemática. Mas, quanto mais inteirados do assunto e preocupados com o nosso futuro estivermos, mais poderemos fazer para diminuir nosso impacto negativo e contribuir com um futuro melhor.


INSPIRE-SE!

Confira aqui tudo sobre veganismo, como manter uma alimentação à base de plantas, como reduzir ou parar de consumir alimentos de origem animal e, além disso, 30 RECEITAS VEGANAS.


PLANEJANDO SUA VIAGEM

Somos parceiros de várias empresas e por isso abaixo vou deixar o link delas para que você possa planejar sua viagem. Se você utilizar o nosso link, você não pagará nada a mais por isso, porém estará contribuindo com o blog. Estas empresas nos dão uma comissão a cada reserva e portanto isso nos ajuda a manter o blog! 🙂

  • Nada como se hospedar em casas e apartamentos incríveis ao redor do mundo, não é mesmo? No AIRBNB você encontra os lugares mais sensacionais!
  • Em busca de hospedagem para sua viagem? Clica aqui no Booking.com para encontrar a melhor hospedagem para você.
  • Está buscando passagens com preços acessíveis? Aqui na Max Milhas, nosso parceiro, você pode encontrar a melhor oportunidade!
  • Vai fazer uma RoadTrip? Corre lá no RentCars e reserve já seu carro!
  • Seguro viagem é imprescindível em qualquer viagem e a SegurosPromo tem as melhores opções.
  • Para você chegar no seu destino já com internet, adquira seu chip do nosso parceiro EasySIM4U aqui.
  • Em busca de passeios? Aqui você pode ver os melhores passeios no mundo todo com a GetYourGuide.

curiosa. inquieta. sonhadora. feminista. libriana com ascendente em gêmeos, se isso te diz alguma coisa. louca por viagem, novas culturas, gastronomia. tenho um enorme desejo em mudar o mundo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nuny Pelo Mundo
%d blogueiros gostam disto: